Mas, afinal o porquê do janeiro branco?

O começo do ano costuma ser um período de reflexão, construção de metas e projetos de vida. Daí ser um mês estratégico de uma campanha que serve como alerta para que as pessoas possam iniciar o ano com o objetivo de alcançar alguma qualidade de vida. Mas, com a conscientização e, sobretudo, o apoderamento pessoal de sua participação ativa no desenvolvimento desse processo de bem-estar tanto emocional quanto físico. Vamos entender que a saúde mental, trata-se, justamente, da nossa capacidade de administrar a própria vida e as nossas emoções, como por exemplo, estar bem consigo e com os outros para melhor aceitar as exigências da vida.

Dentro dessa perspectiva vale a pena aprofundar o conceito de bem-estar para o além do sentir-se bem mentalmente, mas ter felicidade e satisfação pela vida. Para tanto, envolve aspectos sociais e capacidades físicas e cognitivas otimizadas. Envolve, também, espiritualidade e vitalidade. Portanto, o ponto de partida é um convite para as pessoas cuidarem de si e refletirem sobre o universo da saúde mental e, principalmente, o equilíbrio pessoal. Abrir o corpo, a mente, o coração e viabilizar caminhos para a prática de atividade física regular e cuidar da alimentação.

Sensibilizar para a necessidade urgente de entrar em contato consigo mesmo para aliviar o estresse do dia e da semana. Gerenciar melhor o tempo é uma dica para fazer o ano de 2020 mais sadio, através hábitos e rotinas mais saudáveis. Vamos pensar nisso, gente! Abrir uma oportunidade de se apropriar que nada é tão nosso quanto os nossos sonhos e a nossa saúde.

Texto: Psicóloga Mariana Pitta

MARCAR CONSULTA
× Como posso te ajudar?